A Escola Santa Maria integra a UNIRedes – Fraternidade em Ação: são mais de 50 organizações sociais, iniciativas e movimentos inspirados nos princípios do Movimento dos Focolares – presentes em 12 países da América Latina e Caribe, que buscam a transformação social através de uma cultura baseada na fraternidade. Realizam ações em diversas frentes: incidência política, social, econômica, ambiental, cultural e intergeracional.

Através da UNIRedes, a Escola Santa Maria estreita seus vínculos com os integrantes das demais organizações membro, formando um corpo para seguir adiante na construção de um mundo fraterno e mais igualitário. Esperança, renovação, transformação, serviço, diálogo, confiança, comunhão, aprender a trabalhar juntos, acordos, interdependência, internacionalidade, enriquecimento, foram os aspectos que nos animaram na construção da UNIRedes.

Uma REDE que busca ser presença que supera as barreiras, que consola, que vivifica e estimula todas as pessoas que se unem e trabalham juntas para tornar mais visíveis e concretas a justiça e a fraternidade no mundo.
Para conhecer mais, visite o site de Sumá Fraternidad.

A Escola Santa Maria também aderiu ao Projeto Internacional “Living Peace”, promovido pela Associação Internacional New Humanity e El Roward American College (Cairo-Egito), propondo para cada ano letivo um percurso de educação para paz, baseado nos pilares já vivenciados na Escola:

1 . A prática do ” Dado da Paz”
Normalmente, o dado é lançado a cada manhã com o empenho de todos em viver o dia todo aquela frase que veio em evidência. Depois, uma vez por semana, os estudantes e os educadores são convidados a partilhar em seus diversos ambientes, as experiências de construção de paz. Isso pode ser feito, por exemplo, através da visualização de experiências fixadas nos corredores da escola ou organização, com mensagens eletrônicas para estudantes de outras escolas ou organizações da própria cidade ou nação, ou ainda de outros países que participam do projeto e em tantas outras formas criativas.

2 . O Time Out pela Paz
Às 12:00 horas (horário do Cairo) todos os envolvidos no projeto fazem um minuto de silêncio, de oração ou de reflexão pela paz.
Este percurso é destinado ao mundo da escola em geral e a todas as expressões comunitárias, das famílias às organizações não governamentais, da catequese às associações, com o objetivo principal de fazer crescer, o máximo possível, o empenho de viver a paz nos diversos ambientes de aprendizagem e de vida, renovando relacionamentos, reforçando colaborações, cooperando, assim, na construção de uma “rede” de paz no mundo.
O projeto vem sendo realizado há vários anos e a cada edição cresce o número de participantes, que já ultrapassa os 90 mil de 130 escolas/associações de 103 países em todos os continentes, provocando mudanças positivas nos diversos ambientes, nos relacionamentos entre todos, além de melhorias na aprendizagem. O projeto está cadastrado na plataforma da Scholas Occurrentes lançada pelo Papa Francisco.